Home / Facebook / Comemoração do Dia da Água será no domingo (22)

Comemoração do Dia da Água será no domingo (22)

“Caminhada das Nascentes” alerta para a preservação das margens e nascentes do Rio Tanquinho

A ONG Paz e Bem, com o apoio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, realiza no domingo (22) a “Caminhada das Nascentes” em comemoração ao Dia da Água. A atividade terá saída às 9h da manhã do Campo de Futebol do setor 3 do Selmi Dei, com participação voluntária e gratuita.

O objetivo do evento é alertar para a preservação das margens e nascentes do Rio Tanquinho no dia que é comemorado o Dia Mundial da Água – data criada pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 1992, e discute sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.

Vale destacar que a abordagem é bastante válida e atual, já que cada vez mais é incentivado o uso racional dos recursos hídricos do planeta. A crise de escassez de água é um problema bastante crítico, e a mudança de comportamento tem de ser constante, necessitando do consumo consciente e da preservação dos recursos hídricos que restam.

De acordo com Valter Iost, gerente de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a caminhada irá percorrer o entorno da mata ciliar do Tanquinho. “A idéia é realizarmos a conscientização – principalmente dos moradores da microbacia do Córrego Tanquinho – com orientação e explicações sobre a importância da preservação do córrego”, explica.

A atividade faz parte das atividades do Programa Estadual Município Verde Azul – programa adotado pelo município desde 2008 e contará com sorteios de camisetas. Araraquara nos últimos anos tem sido certificada e premiada por figurar entre os 10 municípios de todo o Estado com as melhores práticas ambientais.

Córrego Tanquinho – Pertencente à Bacia Hidrográfica do Tietê- Jacaré, o Córrego do Tanquinho compreende um dos mais importantes afluentes do Ribeirão das Cruzes, que por sua vez é o responsável pelo abastecimento da Represa das Cruzes, manancial que fornece praticamente toda a água de superfície para abastecimento da população da cidade de Araraquara.

Com aproximadamente 6 km de extensão, o Tanquinho teve grande parte da sua Área de Preservação Permanente – APP de poder da Prefeitura Municipal invadida por mais de 20 anos. Neste período os ocupantes utilizaram a área para o plantio de hortaliças, criação de animais como bovinos, eqüinos e suínos. Além disso, o seu curso foi alterado com a finalidade de irrigar plantações e abastecer tanques para criações de peixe. Outras ocorrências eram constantes: como a perfuração de poços e o acumulo de lixo e entulho.

Em maio de 2009 a Prefeitura de Araraquara iniciou as atividades para recuperação do córrego. Foi realizada a retirada pacífica dos ocupantes através da entrega de intimações por uma assistente social, justificando as medidas judiciais que implicaram: retirada do lixo, entulho, roçada, capina da área, aterramento dos açudes, retorno do córrego ao seu leito original, plantio das mudas e cercamento da área.

Ainda, durante o processo de limpeza da área foram descobertas diversas nascentes. Conforme prevê a legislação ambiental, a “APP” nesses pontos foi ampliada sendo o distanciamento da margem do córrego de 50 metros, o que elevou sensivelmente o número de mudas plantadas na área de 27 mil para aproximadamente 40 mil, isto é, 13 mil mudas a mais do que as exigidas pelo ministério público. Hoje o córrego está de volta no seu leito original de 20 anos atrás.

ARARAQUARA, MARÇO DE 2015

SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DA PREFEITURA

Fonte: http://www.araraquara.sp.gov.br/Home/Default.aspx

Site: prefeitura Municipal de Araraquara

Link: http://www.araraquara.sp.gov.br/Noticia/Noticia.aspx?IDNoticia=11466